Blog da NatusVita

Guaraná – O que é? Benefícios

Guaraná
Termogênicos naturais são alternativas cada vez mais valorizadas por profissionais da área da saúde para indicar para seus pacientes que precisam contar com os benefícios desses produtos.
Dentre os vários tipos de termogênicos naturais que você pode encontrar no mercado, o Guaraná se destaca por muitas de suas características. Que tal conhecer um pouco mais sobre ele?

O que é o Guaraná?

Guaraná (ou Paullinia cupana) é um fruto nativo da região da Amazônia, muito valorizado no Brasil, Venezuela e Guianas, que dá origem a um extrato ou pó utilizado em várias receitas que conhecemos.
Muito provavelmente, você conhece o guaraná por conta do refrigerante brasileiro que faz tanto sucesso no mundo, mas ele também é muito consumido na forma de pó ou cápsulas para aproveitar seus efeitos positivos no corpo e no cérebro, atuando como um estimulante natural. O motivo dessa capacidade de estimular? A concentração de cafeína nessa frutinha tão simpática chega a ser quatro vezes maior do que a encontrada no café e com duração maior – chegando a quase seis horas.

Quais são as propriedades do Guaraná e como ele age no corpo?

O Guaraná é um fruto que tem como principal característica sua alta concentração de cafeína. Entretanto, ele conta com outras características nutricionais importantes, como a presença de flavonóides em sua estrutura, amido, ferro, fósforo, cálcio, vitamina A, vitaminas do complexo B e também boa concentração de fibras alimentares.
De maneira geral, o Guaraná atua no corpo aumentando a liberação de dois hormônios estimulantes no sangue: a adrenalina e a dopamina. Dessa maneira, o indivíduo se sente mais desperto, motivado e com mais energia para as atividades do dia a dia.

Para que serve o Guaraná?

O principal uso do Guaraná, como você bem sabe, é com finalidade culinária. Isso significa que você vai ver o xarope e o pó de guaraná sendo usado em bebidas, vitaminas e receitas de doces, por conta de seu sabor característico e muito apreciado.
Entretanto, o Guaraná tem se tornado o composto favorito para o desenvolvimento de medicações e suplementos termogênicos por conta de suas características nutricionais. Por isso, você vai encontrá-lo na forma de cápsulas para “tirar o sono e aumentar a concentração” ou também para ajudar a aumentar o metabolismo corporal e estimular a perda de peso de maneira saudável.

Quais são os benefícios do guaraná?

Consumir guaraná (a fruta e não o refrigerante) pode trazer vários benefícios para a saúde, como você já deve ter ouvido falar, não é mesmo? Que tal conhecer algumas dessas vantagens de adicionar esse alimento na sua rotina?

Antioxidante natural

Por conta de sua boa concentração de vitamina C e resveratrol, o guaraná é considerado um alimento com poder antioxidante muito importante. Ele ajuda a manter a saúde das células e tecidos, além de evitar problemas cardiovasculares e de colesterol.

Controle do peso corporal

O guaraná é um termogênico natural e, como você sabe, essa característica é muito importante para ajudar o seu corpo a se manter em forma. Como os termogênicos aumentam a produção de energia corporal, é natural que tenham como consequência à longo prazo a perda de peso.
Guaraná

Melhor desempenho nas atividades físicas

A cafeína é um estimulante natural do corpo humano e, por isso, o guaraná é muito usado por atletas como um termogênico para o período de pré-treino, aumentando a disposição e o desempenho no exercício.

Tratamento de dor de cabeça

A cafeína é um dos compostos utilizados para tratamento de enxaqueca e dor de cabeça, visto que ela ajuda na vasoconstrição dos tecidos do cérebro – que é apontada como uma das causas das dores.

Melhora do raciocínio, concentração e memória

Dois compostos bioativos encontrados no guaraná (teobromina e teofilina), além da cafeína, podem estimular positivamente o raciocínio, concentração e memória, estimulando partes específicas do cérebro. Acredita-se também que esses benefícios podem favorecer o tratamento de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Controle da glicemia no sangue

A presença de um composto chamado pectina, que é uma das fibras alimentares encontradas no pó de guaraná, pode interferir na rápida absorção da glicose pelo organismo, reduzindo sua concentração no sangue. Sendo assim, os níveis de insulina também se mantém mais baixos e o organismo mais saudável.

Ajuda no tratamento de doenças respiratórias

A teobromina encontrada no guaraná conta com um efeito bronco protetor, que dilata vasos sanguíneos e melhora o relaxamento dos pulmões, ajudando a tratar doenças respiratórias como a asma e a bronquite.

Como consumir o guaraná?

O guaraná pode ser consumido na forma de pó, cápsula, xarope ou suco. Em qualquer uma dessas maneiras, a quantidade consumida por dia deve ser prescrita por um nutricionista ou médico, que vai compreender qual a necessidade individual de cada paciente.
Vale lembrar que o consumo em excesso do guaraná pode levar aos sintomas de excesso de cafeína, como ansiedade, irritabilidade, palpitações, gastrite e tremores.
Guaraná em cápsulas
Você já consumiu guaraná antes? Tem dúvidas sobre o assunto? Entre em contato com a gente para saber mais!

Responder